Bate-papo: Doação de cabelo

img_20161014_122137

Eu sempre tive vontade de doar os cabelos, mas por muitos anos eu não consegui. Sempre cortava antes de deixar crescer o suficiente.

Mas… sou uma pessoa que quando decide, quando coloca uma coisa na cabeça, não tem quem tire e eu não sossego até fazer. Foi o que aconteceu..

Há uns 2 anos atrás eu decidi que ia finalmente deixar o cabelo crescer bastante para poder fazer a doação. Eu sei que para doar precisa de apenas 10.. 15cm de cabelo. Mas eu acho pouco. Queria doar um cabelo bem grande.

O tempo foi passando e ele foi crescendo. Aumentei consideravelmente os meus cuidados com os cabelos, para mantê-los saudáveis. No final do ano passado eu já sentia que era a hora de doar. Mas não sabia o corte que queria para mim. rsrs

Em fevereiro começou a luta pela minha saúde (luta que continuo). Eram tantos problemas que a última coisa que eu pensava era no cabelo.

Assim que dei uma melhorada já voltei a pensar no assunto. E um belo dia, passando pelo salão, eu pensei “ok, vai ser hoje”. Tinha que ser naquele dia.

Não sou apegada com cabelo. Tem gente que chora para cortar, eu sei. Mas eu penso que é só um cabelo e ele cresce novamente. Naquele dia eu senti uma força tão grande, me mostrando que eu precisava fazer aquilo. Seria como uma renovação para mim também.

Desde o começo sempre pensei em doar para ajudar uma criança ou uma mulher que, devido ao tratamento contra o câncer, tivesse perdido seus cabelos. O objetivo sempre foi esse. Mas naquele momento essa doação e esse desprendimento me fariam tão bem quanto.

Foram 50cm de cabelo natural, sem química. Ver aquele cabelo nas minhas mãos foi como uma vitória, pois tinha conseguido cumprir com o objetivo.

Muitas pessoas podem achar essa história boba, muito blá blá blá, mas eu penso que são exatamente as coisas pequenas que fazem sentido na nossa vida.

Vejo que o mundo está pensando muito alto, em coisas muito grandes, em sonhos cada dia mais difíceis de serem alcançados. As pequenas coisas passam batidas e para muitos nem são mais sentidas. Está cada dia mais difícil encontrar a felicidade e a realização exatamente porque estamos idealizando o intangível.

Essa doação me deu uma felicidade tão grande, uma sensação de paz e de missão cumprida.. que nem sei explicar direito.

Vale a reflexão. E que tal você também doar algo para um desconhecido? Saiba que o ato de doar faz tão bem para quem doa quanto para quem recebe.

Big beijo e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s